terça-feira, 13 de março de 2018

Solo Sagrado - Igreja Messiânica





Margeado pela represa, o Solo Sagrado de Guarapiranga é dedicado aos cultos da Igreja Messiânica Mundial.
Com 327 000 metros quadrados, o local conta com jardins, praças, lagos e um templo, formado  por dezesseis pilares e uma torre de 71 metros.
A construção de 1995, traz um espaço para  os fiéis meditarem e entrarem em sintonia com a natureza.
Abre para o público em geral na última  semana do mês, de quinta a domingo das 7h30 às 1500 horas.



Em um Solo Sagrado há, geralmente, além de templos para orações e cultos, vastas instalações onde acontecem reuniões, seminários, cultos e excursões. A entrada é, geralmente, gratuita e livre também para não-membros da Igreja. Há também vastos jardins e museus, onde se é permitido o culto ao belo, um dos três pilares da religião.
O Solo Sagrado é a instalação mais alta na hierarquia da Igreja Messiânica.



Doutrina

O elemento principal da Igreja Messiânica é a crença no Johrei, que seria a transmissão de Luz Divina através da palma das mãos e que pode ser praticado por todos os que são outorgados com o Ohikari, tornando-se membros da Igreja Messiânica Mundial. A base do Johrei é que a crença de que desde 1931 o mundo em que vivemos se aproxima cada vez mais de um planeta paradisíaco, e se fortalece a cada dia 15 de junho tornando a luz do Johrei mais potente, purificando com mais eficacia o espirito humano, criando assim um mundo onde não haverá nenhum tipo de sofrimento. Tal transformação se deve à manifestação da Luz Divina, que se iniciou no dia 15 de junho de 1931. A Luz Divina é a vontade de Deus que ilumina, purifica, e guia o Homem em direção a uma vida paradisíaca, assim como a humanidade como um todo para o paraíso Terrestre conforme mais atos altruístas e espiritualistas são feitos. [omo consequência disto citado anteriormente acredita-se que o Johrei traz purificação espiritual, o que traria bem estar, cura de doenças e uma saúde perfeita. Daí provém os chamados 3 pilares da doutrina messiânica, Johrei, Agricultura Natural e o Belo. A arte é vista como algo que eleva o espírito e também contribui para a purificação e o bem estar espiritual, complementando a atuação do Johrei e da alimentação natural. Para se conseguir essa alimentação a Igreja Messiânica ensina a prática da Agricultura Natural a qual é praticada sem o uso de agrotóxicos nem adubos. Esses 3 pilares estão ligados aos chamados 3 princípios da fé messiânica: Verdade, Bem e Belo. A Verdade são os ensinamentos Messiânicos, a palavra de Deus, a natureza espiritual do ser humano e do universo, é a força do Johrei como purificação espiritual. O Bem é o imperativo ético de ser altruísta, amar o próximo, fazer o bem. O Belo é a valorização da beleza na arte e nas atitudes cotidianas, a busca do belo como forma de elevação espiritual. Uma das formas que a Igreja Messiânica usa para elevar as pessoas através do belo é a prática de Ikebana (arranjo floral chinês desenvolvido no Japão).
A religião tem hoje no Brasil cerca de 370 mil Membros e 2 Milhões de frequentadores e simpatizantes.