segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Forte dos Andradasc- Guarujá




Quartel turístico

Quem passa pela Praia de Monduba, no Guarujá, nota a grande estrutura de pedra e alvenaria que parece ter sido erguida para estrelar um filme de guerra. Não é por acaso. A construção do Forte dos Andradas ocorreu de fato, em um período de conflitos militares.
Inaugurado em 1942, esse complexo abriga mirante, instalações subterrâneas e o Hotel de Trânsito da Marinha, mas foi  aberto ao público apenas desde 2016, quando estava prestes a completar 75 anos. Antes, só recebia excursões escolares. Em parceria com a Secretaria de Turismo, a 1ª Brigada de Artilharia Antiaérea do Exército ofereceu treinamento  de guia turístico à alguns soldados, que contam histórias sobre o lugar durante as visitas gratuitas.





Forte dos Andradas localiza-se na  ponta de Munduva,  ao sul da  Ilha de Santo Amaro,  estado de São Paulo, Brasil. Territorialmente, faz parte do município de Guarujá,  entre os bairros do  Tombo e Jardim Guaiuba.
Inicialmente denominado Forte de Munduba, foi a última grande estrutura defensiva fixa erguida no país, formando sistema com o Forte de Iaipú,  na defesa do acesso à barra do  poro de Santos, à época o maior porto exportador do Brasil, superando inclusive o porto do Rio de Janeiro.







quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Yutaka Toyota - Fundação Armando Alvares Penteado

O Ritmo do Espaço
até dia 02 de setembro de 2018





Para Toyotta, o reflexo é um elemento importante em seu trabalho.Por isso optou em trabalhar inicialmente com o alumínio e depois com o aço por conta de sua superfície. Muitos perguntaram
a ele o por que de não usar espelho,por exemplo. Toyota respondeu que o que interessava a ele era a deformação da imagem que o aço e o alumínio ofereciam por meio do reflexo.
Ao observar seus trabalhos, podemos relacioná-los com as  obras do artista plástico indiano-britânico Anish Kappor. Ele também se utiliza de superfícies reflexivas e de proporções monumentais em suas obras. Em entrevista ao crítico Nicholas Baume, em 2008, Kapoor disse sobre as formas espelhadas  :
"O que é interessante para mim numa superfície polida é que, quando ela é realmente perfeita, algo acontece - ela literalmente deixa de ser física, ela levita  ! E o que acontece com as superfícies côncavas é, a meu ver, ainda mais desconcertante. Elas deixam de ser físicas e esse deixar de ser físico é o que mais  me interessa ".

Nas obras de Toyota e de Kapoor, a participação e a movimentação do público diante dos trabalhos são importantes. Suas obras convocam dualidades como positivo-negativo,volume-leveza, visível-invisível, oriental-ocidental, dentre outros.

"Gostaria que minhas obras nos levassem a uma viagem sideral, multidimensional em que o positivo e o negativo e todos os opostos, o masculino e o feminino, o In e o Yo, e tudo mais, convivam em plena harmonia".

Yutaka Toyota


Esta escultura está localizada na Praça da Sé -  São  Paulo



segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Fundação Armando Alvares Penteado








Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP) é uma instituição de caráter filantrópico,  localizada em três cidades: em São Paulo,  no bairro de Higienópolis,  na Rua Alagoas, 903; em  Ribeirão Preto,  no bairro Jardim Califórnia; e em  São José dos Campos. 
Foi fundada em  1947  e investe em cultura, através do  Museu de Arte Brasileira, do Teatro FAAP, e  do Colégio FAAP, da biblioteca (criada em 1959) e das faculdades.
A FAAP conta atualmente com oito mil alunos no nível de  graduação,  em seis faculdades: Artes Plásticas, Comunicação, Engenhariam Direito, Adminisração, Economia e Relações Internacionais,  além de 4,5 mil alunos no nível de pós-graduação e MBA. Os cursos de Artes e de Comunicação são historicamente aclamados.
Desde o final de 2004,  alunos, professores e funcionários podem ter, em qualquer lugar do campus, acesso wireless à  Internet,  por meio de 254 pontos de acesso, sendo considerada a melhor internet wireless da América Latina.
O Colégio FAAP de São Paulo está em funcionamento desde o ano de 1988  e, em 2011, o Colégio FAAP Ribeirão iniciou  suas atividades como instituição de referência em educação.
A FAAP tem, tradicionalmente, cultura empreendedora. Conta com um centro de empreendedorismo que auxilia os futuros empresários a elaborarem seus projetos e ajuda-os a estabelecer contatos fundamentais. O centro também promove palestras com empresários referência e ex-alunos de sucesso.





Oca - Parque Ibirapuera






Pavilhão Lucas Nogueira Garcez, popularmente conhecido como Oca, é um pavilhão de exposições localizado no Parque do Ibirapuera,  na cidade de  São Paulo, Brasil. Foi projetado por Oscar Niemeyer em 1951,  para compor o conjunto arquitetônico original do Parque do Ibirapuera,  construído para comemorar o IV Centenário da Cidade de São Paulo, que se deu em 1954.[1]
A Oca abrigou no passado o Museu da Aeronáutica de São Paulo e  e o Museu do Folclore. Mais recentemente, o edifício tem sido utilizado para abrigar grandes exposições.









sábado, 4 de agosto de 2018

Templo Zu Lai



Meditação, rituais sagrados, caminhadas por florestas de bambu e até aulas de kung fu estão entre as atrações do templo budista ZU LAI, a 30 quilômetros de São Paulo.










Templo Zu Lai (em chinês,  如來寺) é o maior  templo budista da América Latina.  com 10 000 metros quadrados de área construída, ocupando um terreno com 150 000 metros quadrados. Inaugurado em  5 de outubro de 2003,  ele está localizado no município de  Cotia,  com acesso pela Rodovia Raposo Tavares. 
Ligado ao  monastério Fo Guang Shan, com raíz no Budismo Mahayana,  o Templo Zu Lai tem como objetivo manter a tradição da natureza búdica, deixando-a ao alcance de todos. Seus frequentadores utilizam os ensinamentos do  Budismo Humanista com o objetivo de ensinar os princípios do monastério Fo Guang Shan, divulgando o Budismo  através da  edução, cultura, filantropia e purificação.



Em 1992 o venerável mestre Hsing Yun  veio ao Brasil, a convite de um templo  da cidade de São Paulo,  para uma cerimônia. Um discípulo presente perguntou se ele não poderia deixar um monge de sua comitiva no país para que os ensinamentos tivessem continuidade. A monja Jue Cheng (Mestra Sinceridade) se dispôs a ficar e iniciar o projeto, ganhando posteriormente o nome Mestra Sinceridade.
O discípulo que pediu ao mestre que deixasse um monge no Brasil doou uma casa em um sítio para que os trabalhos fossem realizados. Não muito pequena, tornou-se um espaço para as cerimônias, cultos e ritos. Quatro anos mais tarde o número de seguidores passava de cem, o que levou a necessidade de se ampliar o espaço. Apesar da reforma feita, o local ainda não apresentava condições para abrigar os seguidores, então optou-se pela construção de um templo maior.
Como os arquitetos brasileiros envolvidos no projeto não conheciam a arquitetura de um templo, a mestra Sinceridade montou uma equipe que viajou à China com o objetivo de conhecer os  templos da Dinastia Tang.
 A pedra fundamental foi lançada em 1999. Como as telhas  e o  parapeito do templo   precisavam ser importadas da China,  já que na época ninguém no Brasil fazia este tipo trabalho, os recursos foram insuficientes para que as obras tivessem início imediato, o que adiou a inauguração do Templo Zu Lai para outubro de 2003.Em 1992 o venerável mestre  Hsing Yun,  veio ao Brasil, a convite de um  templo da cidade de São Paulo,  para uma cerimônia. Um discípulo presente perguntou se ele não poderia deixar um monge de sua comitiva no país para que os ensinamentos tivessem continuidade. A monja Jue Cheng (Mestra Sinceridade) se dispôs a ficar e iniciar o projeto, ganhando posteriormente o nome Mestra Sinceridade.
O discípulo que pediu ao mestre que deixasse um monge no Brasil doou uma casa em um sítio para que os trabalhos fossem realizados. Não muito pequena, tornou-se um espaço para as cerimônias, cultos e ritos. Quatro anos mais tarde o número de seguidores passava de cem, o que levou a necessidade de se ampliar o espaço. Apesar da reforma feita, o local ainda não apresentava condições para abrigar os seguidores, então optou-se pela construção de um  templo  maior.
Como os arquitetos brasileiros envolvidos no projeto não conheciam a arquitetura de um  templo,  a mestra Sinceridade montou uma equipe que viajou  à China  com o objetivo de conhecer os templos da Disnastia Tang.  A pedra fundamental foi lançada em 1999. Como as  telhas e o parapeito do templo  precisavam ser importadas da  China,  já que na época ninguém no Brasil fazia este tipo trabalho, os recursos foram insuficientes para que as obras tivessem início imediato, o que adiou a inauguração do Templo Zu Lai para outubro de 2003.





                                                              Imagem de 4,5 toneladas



domingo, 29 de julho de 2018

TemploOD Sal Ling


Tenho recebido sugestões das pessoas que acompanham meu Blog, as quais agradeço.
Quando me propus a escrever, mostrar imagens, optei pela cidade que vivo São Paulo, onde temos infinitas atrações, possibilitando que aqui venham e ou residam, possamos compartilhar juntos a história desta cidade cheia de surpresas e atrativos.

Dentre as sugestões, foi colocada por que não mostrar atrações que existam nos municípios ao redor de São Paulo.
Sugestão aceita, obrigado ¹

Começo por mostrar alguns templos budistas,  Chagdud Gonpa Odsal Ling  será o primeiro !








Chagdud Gonpa Odsal Ling é um templo budista tibetano localizado em Cotia, a 30km de São Paulo. Faz parte da tradição  Nyingma Vajaraiana.  É ligado ao templo Khadro Ling. (Três Coroas-RS) que era conduzido por S.Ema. Chagdud Tulku Rinpoche  e foi fundado pelo mesmo venerável mestre (cujas cinzas se encontram nos dois templos e no Tibete). Hoje o Odsal Ling é conduzido por  Lama Tsring Everest  e Lama Norbu. O templo foi utilizado como ambientação dos capítulos finais da novela Joia Rara. Por ficar próximo ao templo zen budista  Zu Lai  acaba formando um interessante polo de budismo e turismo nos arredores de São Paulo.O Odsal Ling mantém uma agenda constante de práticas, retiros e ensinamentos (fechados e públicos).
 Além disso é possível conhecê-lo com guias voluntários.







quarta-feira, 25 de julho de 2018

Vias Femininas


Datas históricas e nome de santos e de personalidades são muito utilizados para batizar ruas. Entre as homenagens a pessoas ilustres, apenas 15% se referem a mulheres, ante os 85% que prestam tributos
 a homens.
Ao todo, 3.341 vias da capital recebem o nome de figuras femininas, de acordo com o levantamento da proScore, empresa de análise de crédito.

Conheça algumas :




Rua Dona Veridiana

Na Consolação,a via homenageia Veridiana da Silva Prado, fiura de prestígio na sociedade paulistana, reconhecida por suas obras de caridade.

Dona Veridiana dá nome a uma rua no bairro de Higienópolis, na capital paulista.
Considerada uma das três senhoras fundadoras do bairro de Higienópolis, em sua primeira etapa, dos altos de Santa Cecília, juntamente com Dona Maria Antônia da Silva Ramos ( Rua Maria Antônia),  Dona Maria Angélica Souza Queiroz Aguiar de Barros ( Avenida Angélica),  cuja presença é evocada pelas ruas que levam seus nomes.

        Palacete na Rua Dona Veridiana                                                   


Rua Cacilda Becker
Localizada no bairro Jardim as Acácias, na Zona Sul, a rua relembra a atriz, que participou de mais de sessenta espetáculos teatrais em trinta anos de carreira.




Rua Anita Malfatti

Instalada na Casa Verde, na zona norte, a rua destaca a pintora paulistana, considerada uma das pioneiras do movimento modernista no Brasil.

Anita Catarina Malfatti nasceu na cidade de São Paulo no dia 2 de dezembro de 1899, mesmo ano da Proclamação da República no nosso país. Seus pais Samuel Malfatti engenheiro imigrante italiano e Eleonora Elisabeth Krug pintora norte americana de origem alemã.


   A Estudante ( 1915-1916)
   Acervo do Museu de Arte de São Paulo                                                   


Av. Hebe Camargo 



  No dia 8 de março de 1929, em Taubaté, interior de São Paulo, nascia Hebe Maria Monteiro de Camargo Ravagnani, mais conhecida como Hebe Camargo. A atriz, cantora e apresentadora de televisão morreu em 2012.